Câmara Setorial da Cachaça reúne-se em Brasília

brasiliaPara o último encontro de 2013, representantes da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça reuniram-se, na manhã desta terça-feira (3), na Sala de Reuniões do Térreo no Ministério da Agricultura, em Brasília.
Na pauta, temas como criação de um conceito de marca e a criação de selo de exportação para a promoção da cachaça no exterior, bem como o planejamento estratégico de divulgação da cachaça como produto nacional durante a Copa do Mundo 2014 foram debatidos entre os membros.
Por meio de um convênio entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) foi desenvolvido um estudo de construção de marca, assim como uma pesquisa dos rituais de consumo da bebida, que ajudaram a criar uma possível estratégia de comunicação da cachaça no exterior. Características como o sabor, versatilidade e historicidade da bebida foram ressaltadas.
A ideia é que o produto se consolide como uma bebida distinta, atrelado a uma nova imagem de brasilidade. Com base neste estudo, foi desenvolvido o Selo de Identidade Nacional, que deve assinar e pautar ações de comunicação da cachaça.
Às vésperas da Copa do Mundo, a Câmara debateu também as possíveis ações promocionais da bebida para o evento. A experiência dos produtores do Pernambuco durante a Copa das Confederações este ano servirá de exemplo para a criação de um “passo-a-passo” das ações para a Copa. A intenção é replicar as ações pernambucanas, já utilizando a imagem institucional desenvolvida pela Apex.
Um dos desafios colocados pela Câmara para 2014 é o estudo das questões de legislação pertinentes ao processo de reconhecimento da cachaça nos Estados Unidos. Ganhar  mercado na América do Norte, vencendo as barreiras técnicas e legais, é uma das grandes ambições da cadeia produtiva da cachaça.

Check Also

vencedores

Brasil terá 2a Edição do Concurso Nacional de Rabo de Galo

    São Paulo recebe II Concurso Nacional de Rabo de Galo com entrada e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *