CEISE Br empossa diretoria para o biênio 2019-2020

Mandato de Luis Carlos Jorge, diretor comercial da Equilíbrio Balanceamentos Industriais, começa em 1º de janeiro; nova diretoria contará com mais 18 diretores.

Na noite de quinta-feira, 13, o CEISE  Br reuniu associados, parceiros e lideranças políticas e setoriais para a cerimônia solene de Posse da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e respectivos Suplentes – biênio 2019-2020, no Auditório do Centro Empresarial Zanini, em Sertãozinho-SP.

Em seu discurso, o presidente eleito e empossado, Luis Carlos Jorge (diretor comercial da Equilíbrio Balanceamentos Industriais), disse que o plano de gestão de sua diretoria terá o perfil de uma administração integrada, democrática, transparente e proativa.

“Entre as metas da nova diretoria, destaco a aproximação e a participação mais efetiva do associado, estimulando a troca de ideias, levantamento de demandas, e engajamento visando soluções pontuais e de longo prazo”, acrescentou.

Para o presidente atual, Aparecido Luiz (2017-18), sua gestão cumpriu a missão de fomentar negócios e proporcionar formação, através de ações visando à melhoria contínua do ambiente empresarial e mercadológico, buscando o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do setor sucroenergético.

“Quando assumi, tive plena consciência de que meu mandato como presidente passaria, mas o CEISE Br e suas ações vão continuar. Então, meu propósito foi consolidar as iniciativas da entidade, sempre visando seu futuro promissor”, discursou.

Eleição

A chapa ‘Rumo à Vitória”, única inscrita no processo de eleição, foi aclamada em assembleia na sede da entidade, no dia 23 de novembro último. O mandato do presidente e 18 diretores eleitos terá início em 1º de janeiro de 2019.

 

‘Memórias de Sertãozinho’

Na mesma cerimônia, também foi lançado o livro “Memórias de Sertãozinho”, editado pelo Laboratório de Letras Editora Cultural / Instituto Independente do Livro, e cuja produção teve apoio da entidade e de empresas associadas. São mais de 150 páginas que relatam a contextualização histórica da cidade, com destaque para o ciclo do café, o papel dos imigrantes, e o desenvolvimento da cana-de-açúcar e do álcool e sua importância para a economia brasileira. A obra também traz a biografia daqueles que fizeram e ainda fazem parte da história de Sertãozinho.

 

APL

Ainda durante o evento, foi assinado o decreto de criação e implantação do Arranjo Produtivo Local (APL) Metalmecânico, uma parceria entre CEISE Br, CIESP Sertãozinho, IFSP, FATEC e Prefeitura Municipal de Sertãozinho.

 

Composição da nova Diretoria:

Diretoria Executiva

Presidente: Luis Carlos Jorge

1º Vice-presidente: Rafael Azevedo Gomides

2º Vice-presidente: Erlon Michel Zanarotti

1º Diretor secretário: Milton da Silva Pereira Junior

2º Diretor secretário: Marcio Fernando Meloni

1ª Diretora financeira: Rosana Amadeu da Silva Zumstein

2º Diretor financeiro: Sebastião Henrique Rodrigues Gomes

 

Conselho Fiscal

Conselheiro efetivo: Frederico Biagi Becker

Conselheiro efetivo: Alexandre Henrique Alves

Conselheiro efetivo: Márcio Machado

Conselheiro suplente: Guilherme Martins Neto

Conselheiro suplente: Rafael Duarte Bononi

Conselheira suplente: Thaísa Cristina Almeida de Gusmão

 

Conselho Diretor

Antonio Eduardo Tonielo Filho

Luiz Fernando Saran

Marco Antonio Marques Mingossi

Silvio Silas Geraldine

José Rubens Fernandes Lopes

Francilene Marvila Maciel Bugnola

 

Mini currículo:

Luis Carlos Jorge é engenheiro mecânico formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Engenharia / campus Ilha Solteira. Possui especialização em Técnica em Ventilação Industrial (FUPAI) e em Tecnologia e Métodos em Ventilação Industrial (Institution of Mechanical Engineers – Senlis/France).

É diretor comercial na Equilíbrio Balanceamentos Industriais LTDA, desde 2006, e na Bra-In Screen Solutions Indústria e Comércio de Telas LTDA, desde 2015. Também exerce o cargo de 1º vice-diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) – Regional Sertãozinho, e, desde 2004, é membro do Conselho do Arranjo Produtivo Local do Álcool (APLA) – Parque Tecnológico Piracicaba de Bioenergia.

No CEISE Br, Luis Carlos Jorge foi conselheiro fiscal suplente (triênio 2013-15), e primeiro diretor secretário (triênio 2016-18).

 

Fotos: Maílson Pignata

 

Posse (4) Posse (2) Posse (3)

Check Also

Festa de Confraternização da Copacesp foi realizada com sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *