Festival Gastronômico movimenta restaurantes de Paracatu

Cachaça, pimenta e rapadura são os ingredientes chave deste ano; público pode votar no melhor prato e garçom de oito restaurantes participantes

Até o dia 3 de julho, oito restaurantes de Paracatu participam do Tour Gastronômico da 5º edição do Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu. Com a ajuda e capacitação do chef Eduardo Avelar, os restaurantes participantes elaboraram pratos com, no mínimo, dois ingredientes típicos da região: cachaça (obrigatório), mandioca ou pimenta. O prato deve ter valor de até R$ 30.

O público pode votar na categoria Melhor Prato, com avaliação de oito itens: sabor; criatividade; apresentação do prato; combinação dos ingredientes; temperatura do prato; originalidade; tempo de espera do prato e atendimento; e no Melhor Garçom.

O resultado será no dia 7 de julho, durante a programação do Festival Cultural. Ao todo serão R$ 9 mil em prêmios, sendo que o restaurante com o melhor prato receberá R$ 3 mil, e para o melhor garçom a premiação será de R$ 2 mil.

Além de fomentar a cultura criativa e empreendedora dos profissionais de bares e restaurantes, o tour gastronômico faz ressurgir valores históricos com o uso de matérias primas locais e condimentos regionais. “A tradicional e famosa cozinha de Paracatu é valorizada pelo Festival que tem o caráter turístico, cultural e gastronômico. É uma oportunidade de agregar ainda mais valor aos produtos característicos da região e, claro, fomentar a economia da cidade”, destaca o gerente do Sebrae Minas na Regional Noroeste, Marcos Alves.

 

Confira os restaurantes e os pratos que serão avaliados:

A Confraria – Rosa Morena (costelinha defumada ao molho de pimenta rosa com cachaça batata e alecrim).

Alquimia – Alquimia de Minas (Aligot de mandioca e queijo minas, demi-glace de cachaça, lombo de porco, farinha de couve e crocante de queijo minas).

Armazém do Hambúrguer – Burger de Príncipe (Burger blend da casa, muçarela, bacon artesanal, cebola flambada na cinquentinha e caramelizada rapadura da Aldeia, molho Armazém e chips de mandioca).

Bella Carne – Trem Danado di Bão (Filé mignon com fatias de bacon flambado na cachaça, molho à base de mel de rapadura e demi-glace, mandioca na manteiga, bolinho de mandioca com queijo e pimenta, e feijão tropeiro).

Hotel Veredas – Veredas Brasileira (Filé flambado na cachaça ao molho de tamarindo com musseline de mandioca, crispe de couve e mandioca).

Ipê Florido – Filé Reserva do Ipê (Filé mignon flambado na cachaça Reserva do Ipê, arroz ao molho de pimenta Dedo de Moça e chips de mandioca).

La Maggiore – Panine a la Maggiore (Pão italiano decorado, filé mignon temperado na cachaça, purê de mandioca, bacon, cheddar, geleia de pimenta e salada fresca).

Saca Rolha – Mignon Suíno à Cachaça de Rapadura (Filé mignon suíno, pimenta calabresa, pimenta preta moída, pimenta biquinho, raspas de rapadura, raspas de limão, cebola, cachaça, cebolinha e mandioca em chips).

 

Sobre o Festival

O Tour Gastronômico integra o Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu, uma realização da Agência de Desenvolvimento Sustentável de Paracatu (Adesp), Prefeitura Municipal de Paracatu e Sebrae Minas, com apoio da Nexa Resources, Kinross e Sicoob Credigerais; e parceria cultural do Sesc, Senac e Sindcomércio Paracatu. Mais informações sobre 5º Festival Cultural de Paracatu podem ser encontradas na página oficial: www.facebook.com/FestivalCulturalDeParacatu/.

tour_gastro

Check Also

image004

Sugestão de Pauta XIV Congresso Internacional de Nutrição Funcional- JM Comunicação – José Maria

XIV Congresso Internacional de Nutrição Funcional Mostra a diversidade Alimentar, Ambiental e Cultural dos Biomas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *