Produtores dos EUA devem colher 87 milhões de toneladas de soja

Sierra Exif JPEGOs agricultores iniciaram a colheita da soja nos Estados Unidos. A expectativa do departamento de agricultura americano é que os produtores colham 85,7 milhões de toneladas, com redução de quase três milhões em relação ao previsto em agosto. Apesar da queda, o clima é de otimismo.

O agricultor Nick Frey, sócio em uma fazenda no Estado de Indiana e recém-formado em administração de empresas rurais, decidiu plantar este ano mais soja do que milho. Essa foi uma consequência do trauma causado pela seca de 2012, quando ele perdeu boa parte das lavouras. Agora, com a soja o produtor acha que correu menos risco. “A soja é uma coisinha persistente. Em emergências ela se segura”, diz.

Em abril, época do plantio da soja nos Estados Unidos, houve muita chuva nas regiões produtores do grão. Por isso, foi necessário adiar o plantio. Para agravar a situação, praticamente não choveu nos meses de agosto e setembro, época importante para o desenvolvimento das plantas. As áreas semeadas tiveram menor produtividade, com cerca de 3,5 mil quilos por hectare. Em um ano considerado bom, o índice chega a quatro mil quilos por hectare.

A expectativa do departamento de agricultura dos Estados Unidos é a de que os americanos colham 85,7 milhões de toneladas, quase três milhões de toneladas a menos do que a previsão de agosto. Mesmo assim, o clima é de otimismo. Em relação ao ano passado, a estimativa é de boa safra.

“Os produtores no ano passado receberam preços altos, apesar de terem menos produção. E a maioria beneficiou-se com os seguros da seca. De tal forma que continuaram a comprar máquinas e com dinheiro suficiente para comprar os insumos, fertilizantes e sementes”, diz Marshal Martin, professor de economia agrícola.

Essa é uma boa safra. Mas, como os estoques andam apertados, os preços continuam remuneradores. Por isso, os agricultores como Nick Frey não pretendem usar os silos para guardar a soja este ano. “Estocar pode fazer a diferença em anos em que temos uma produção muito alta. Mas em um ano como este, em que os preços não estão tão ruins e a produtividade está dentro da média, não vale a pena manter nada no depósito. O mercado está dizendo que quer os grãos e temos que vender”, diz.

Com a seca do ano passado nos Estados Unidos, o preço da soja de soja chegou a valer US$ 40. De um ano para cá, a desvalorização foi de 20%. Mesmo assim, o valor ainda é considerado alto.

Check Also

vencedores

Brasil terá 2a Edição do Concurso Nacional de Rabo de Galo

    São Paulo recebe II Concurso Nacional de Rabo de Galo com entrada e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *